contador de visitas para blog
Loading...

quarta-feira, 22 de outubro de 2014


Os dois irmãos acusados de terem matado o padre Elvis Marcelino de Lima, em julho de 2013, durante um assalto, foram condenados pela juíza Adriana Aguiar Magalhães, da 16ª Vara Criminal de Fortaleza. Na sentença, proferida ontem, Réris Silva dos Santos, 21, foi condenado a 29 anos de reclusão e Ednardo Alves dos Santos, 23, conhecido como ´Tinardo´, recebeu a pena de 18 anos de prisão.

As penas devem ser cumpridas em regime inicial fechado. A condenação de Ednardo foi menor porque, após ser submetido ao exame de sanidade mental, ele foi considerado semi-imputável e teve a redução de um terço da pena. Além das restrições de liberdade, a Justiça condenou os irmãos Réris e Ednardo ao pagamento de 35 e 14 dias-multa, respectivamente. Os valores correspondem a R$ 844,66 e R$ 337, 86.


Foragido

A Justiça renovou o pedido de captura de Réris. Ele está foragido da Casa de Privação Provisória de Liberdade (CPPL) II, em Itaitinga, desde abril deste ano.

Os acusados foram denunciados pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MP-CE), por meio do promotor de Justiça Marcos William Leite de Oliveira. O MP solicitou que os acusados não fossem condenados à pena mínima devido à gravidade e à repercussão do delito.

"Eu tive a preocupação de mostrar que, nesse caso, a pena pode ser acima da mínima", afirma o promotor Marcos William Leite, avaliando que a condenação aos acusados foi "adequada pela repercussão que o crime teve e a maneira como se deu".

O crime

Na noite de 13 de julho de 2013, o padre Elvis, então com 47 anos, saía de uma apresentação de quadrilhas nas proximidades do Centro Dragão do Mar, em Fortaleza. O sacerdote foi uma das pessoas ´filmadas´ pelos ladrões, como eles confessaram aos policiais depois da prisão.

Padre Elvis foi o escolhido pelos assaltantes naquela noite. Ao aproximar-se do carro, foi abordado pelos irmãos Réris e ´Tinardo´. Segundo testemunhas, ele teria relutado a obedecer a ordem de entrar no veículo, temendo ser vítima de sequestro-relâmpago. Apesar de entregar os pertences, foi atingido com um tiro nas costas e morreu no local.

Fonte: Diário do Nordeste
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

Tecnologia do Blogger.

Siga Noticia Atual Por Email

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Popular Posts

Curtam Nossa Pagina no Facebook