contador de visitas para blog
Loading...

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

O candidato do PT ao governo do Ceará, Camilo Santana, concedeu, nesta quarta-feira (20), entrevista no estúdio do CETV 2. Na segunda-feira (18), a candidata do PSB, Eliane Novais, abriu a rodada de entrevistas. Na terça-feira (19), o entrevistado foi Eunício Oliveira (PMDB). A ordem das entrevistas foi definida por sorteio com a presença de assessores dos candidatos.
Veja acima o vídeo da entrevista com Camilo Santana. Abaixo, a transcrição, na íntegra, da entrevista.
Cíntia Lima: boa-noite, candidato.
Camilo Santana: boa-noite, Cíntia, boa-noite
Cíntia Lima: na última pesquisa Ibope, 44% dos entrevistados, a maioria, disseram que o governador deveria manter alguns programas, mas que muita coisa deveria ser mudada. O senhor, no seu governo, vai mudar muita coisa ou vai ser um governo de continuidade?
Camilo Santana: olha, eu vou manter aquilo que está bom, que está funcionando, e vou corrigir aquilo que não está funcionando, e apresentar e implantar novos projetos e serviços para melhorar a vida do povo cearense.
Cíntia Lima: o governo informou ter investido R$ 1,5 bilhão na segurança pública. Por que, com todo esse dinheiro, a violência aumentou, onde o combate ao crime fracassou?
Camilo Santana: Cíntia, esse é um dos grandes desafios desse momento no Ceará. Nós vivemos uma epidemia de violência no Brasil e aqui no Ceará e principalmente se agravou com o problema das drogas. A droga está entrando hoje na família cearense, e eu pretendo, como governador, ampliar o efetivo da Polícia Civil e Polícia Militar. Eu quero reorganizar o Ronda do Quarteirão, voltar o Ronda do Quarteirão a ser o programa ao qual ele foi originalmente criado, uma polícia cidadã, uma polícia presente, onde o policial conhece os hábitos da população, e a população conhece o policial, tem o seu telefone. Isso é oque há de mais moderno no mundo todo. Eu quero abrir as delegacias 24 horas, e eu estou com equipe estudando isso, serão 32 delegacias na capital, Região Metropolitana e interior. Eu quero ampliar o Raio, a ação do Raio, também com a polícia mais ofensiva. Eu pretendo valorizar a carreira do servidor pública da segurança pública revendo as distorções salariais, inclusive estudando um novo processo de promoção dentro da Polícia Militar e da Polícia Civil, e eu tenho a compreensão de que a violência não se revolve só com polícia, é preciso integrar as ações de governo. Por exemplo, identificando as áreas mais críticas, ter uma intervenção: iluminar o bairro, trazer escola de tempo integral, trazer ações de lazer, esporte e cultura, a presença mais efetiva da polícia nessas áreas mais críticas e eu quero trazer esse problema da segurança pública pra mim, como governador, chamando a sociedade para discutir, a academia, a igreja, as instituições, que são a OAB, Ministério Público, para que a gente possa conjuntamente traçar as ações para poder minimizar a questão da violência porque as nossas famílias estão inseguras hoje no Estado do Ceará.
Cíntia Lima: o governador Cid Gomes não conseguiu fazer tudo isso, o senhor se propõe fazer agora no seu governo?
Camilo Santana: eu pretendo... o Governo do Estado, como você próprio disse, em 2006 o investimento do Ceará em segurança pública, corrigindo pra hoje foi R$ 650 milhões. Em 2013 foi investido R$ 1.470 milhão. Foi ampliado o número de delegacias, com equipamentos modernos, coletes, armas, carros bons pros policiais, ampliou-se o efetivo da polícia, criou-se aqui a Escola de Formação dos Policiais, a academia, que é uma das mais modernas do Brasil, criou-se a Controladoria da Disciplina da Polícia aqui no estado do Ceará e portanto nós já temos hoje um avanço significativo. É preciso agora, repito, trazer de volta o Ronda do Quarteirão, criar delegacias 24 horas e eu pretendo fazer isso como governador nos próximos anos.
Cíntia Lima: por que o eleitor tem que esperar pela eleição? Por que não pode começar já?
Camilo Santana: o Estado já tem feito várias ações, inclusive o atual secretário inclusive lançou um programa chamado Em Defesa da Vida, que é uma remuneração adicional pelos resultados atingidos na diminuição da violência pública no estado do Ceará, tanto na parte de homicídios como na parte de assaltos. Então o estado vem se esforçando, vem investido fortemente nessa área de segurança pública. Agora, repito: existe uma epidemia de violência no Brasil, não é só aqui no Ceará, que se agravou muito com a questão das drogas aqui no nosso estado. E é preciso também enfrentar esse problema, com a polícia mais efetiva, inteligência, combatendo o tráfico de drogas, protegendo as nossas fronteiras e cuidando e acolhendo nossos jovens que infelizmente estão entrando nessa vida da droga.
Cíntia Lima: candidato, o senhor tem 40 segundos para suas considerações finais.
Camilo Santana: primeiro queria agradecer ao Sistema Verdes Mares, a você, Cíntia, ao telespectador que nos acompanha. Dizer que... convidá-lo a conhecer as minhas propostas tanto na televisão como no rádio, no site, visitando o nosso comitê. Sou candidato pelo atual governador Cid, pela presidente Dilma, pelo ex-presidente Lula, mas o mais importante apoio é o seu, eleitor. Eu quero pedir seu voto, a sua confiança para que a gente possa fazer o Ceará seguir avançando cada vez mais, corrigindo o que não está bom e ampliando melhores serviços para melhorar a vida do povo cearense.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

Tecnologia do Blogger.

Siga Noticia Atual Por Email

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Popular Posts

Curtam Nossa Pagina no Facebook