contador de visitas para blog
Loading...

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Uma gravação de uma reunião de líderes da Igreja Renascer expôs declarações de teor racista do bispo Leandro Miglioli Hernandes, um dos braços direitos do líder da denominação, apóstolo Estevam Hernandes.
No áudio publicado pelo canal Renascer Sincera, o bispo Leandro – que carrega o sobrenome do casal Hernandes, mas não tem grau de parentesco, segundo informações do Genizah – cobra os pastores da Renascer na Bahia pelos problemas enfrentados pela igreja no estado, e diz ter nojo dos líderes locais.
“Qualquer pessoa dentro da Renascer pode virar endemoninhada do dia para a noite. Eu tenho experiência hoje disso [...] Vocês aqui, têm um desafio… A maioria dos pastores de vocês estão contaminados. Eles não lutam pela igreja… Eu sinto nojo dos pastores”, diz o bispo.
Em outro momento, Leandro Miglioli afirma dar “graças a Deus porque aquele preto saiu”, fazendo referência ao pastor Gilberto Santos, um dos líderes locais que deixaram a denominação. Em sua despedida, Santos teria revelado informações de bastidores aos membros da igreja, com graves acusações à direção da Renascer.
“Não me importo com nada do que os pastores saíram falando de mim aqui”, acrescenta. Confira as declarações no vídeo abaixo:



Dívidas
A crise da Igreja Renascer na Bahia envolve uma debandada de membros e muitas queixas por conta de aluguéis atrasados, e até parcelas de compra de imóveis não quitadas. Durante uma Ceia de Oficiais (reunião feita a portas fechadas com os obreiros da igreja), o apóstolo Estevam Hernandes critica um ex-bispo da igreja por conta das afirmações que ele teria feito sobre atrasos nas contas da denominação.
Hernandes nega que a igreja não esteja pagando as parcelas da compra de um imóvel, e diz que está “tudo quitado”. No entanto, o canal Renascer Sincera apresentou gravações do bispo Leandro Miglioli dizendo que está “vendendo o almoço para comprar a janta”, e que até a renegociação feita com o dono do imóvel em questão está atrasada.
O vídeo abaixo mostra um e-mail do proprietário enviado à direção da igreja cobrando as “pendências” financeiras, e afirmando que “continuamos com grande atraso nos pagamentos das parcelas”. Confira:



A Redação entrou em contato com a assessoria de imprensa da Igreja Renascer em Cristo e solicitou um posicionamento oficial da denominação sobre o teor das declarações do bispo Leandro Miglioli, que podem ser consideradas racistas, e sobre as questões financeiras envolvendo os imóveis ocupados pelas filiais da igreja.
Na nota enviada, a direção da igreja repudia os gestos racistas e afirma que está apurando os fatos. Leia a íntegra:
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

Tecnologia do Blogger.

Siga Noticia Atual Por Email

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Popular Posts

Curtam Nossa Pagina no Facebook