contador de visitas para blog
Loading...

sábado, 25 de outubro de 2014

O postulante Eunício Oliveira (PMDB) afirma querer, nestes últimos dias de campanha, convencer o eleitor que ele representa a candidatura que defende uma nova forma de governar o Estado em oposição à atual gestão para garantir a vitória no segundo turno. O peemedebista espera atrair os votos dos ex-candidatos Ailton Lopes (PSOL) e Eliane Novais (PSB), ressaltando que, no primeiro turno, o apoio recebido por ele e os outros dois opositores ao Governo chegaram a 52% dos votos válidos.
"No dia 5 passado, a população foi às urnas e mais de 52% dos eleitores disseram que querem um novo jeito de governar o Ceará. Então, eu estou muito feliz e muito esperançoso que a população cearense vai pedir e está pedindo um novo jeito de governar (?) Eu quero um governo que não vi cuidar de prédios, mas de gente, que cuide de gestão, que economize quem paga imposto com salário pequeno e trabalho intenso" frisou o peemedebista.
Eunício Oliveira também participou, ontem, de uma carreata no município de Sobral, principal reduto eleitoral do governador Cid Gomes, mas ele negou que a escolha dessa cidade justamente na antevéspera do pleito tenha sido uma estratégia direta de atrair o eleitorado de Camilo Santana. De acordo com o peemedebista, a atividade foi programada para lá por se tratar de um dos maiores colégios eleitorais do Estado e decisivos na definição do pleito.
Sobral
"Nós andamos todo o Ceará e eu fui a Sobral mais de uma vez. É porque Sobral tem um número elevado de eleitores. Mas antes disso eu vou fazer uma entrevista cedo numa cadeia de rádio, vou a Crateús, uma cidade polo na Região Norte, onde encontraremos várias lideranças. Depois, vou a Camocim e, por último, a Sobral", alegou.
Para a reta final da campanha, Eunício Oliveira prometeu trabalhar o máximo possível até o momento em que a legislação eleitoral permitir para convencer os eleitores indecisos e atrair para a sua candidatura aqueles que enxergam a necessidade de mudar a gestão do Governo do Estado. "Vamos continuar trabalhando até o último momento possível que nos permite a lei eleitoral. Foi assim desde o começo e nós vamos concluir esse trabalho esperançosos, felizes e com a certeza de que o povo do Ceará vai escolher Eunício Oliveira para fazer um novo jeito de governar o Ceará", declarou.
Na avaliação de Eunício Oliveira, a população cearense tem uma lista de demandas que exigem a mudança na administração. Para ele, o Ceará precisa de uma gestão "que reabra o diálogo extinto no Ceará, que dê oportunidade às pessoas, que faça os concursos públicos necessários para a Cagece, para a Ematerce, que cuide das universidades estaduais, que faça um concurso público para os professores", acrescentou o pleiteante.
Diferentemente da estratégia adotada na reta final do primeiro turno, quando concentrou grande parte de seu discurso para acusar Camilo Santana de envolvimento no chamado "escândalo dos banheiros", o peemedebista preferiu não repetir esse planejamento nestes últimos dias de campanha ao justificar que não adiantaria mais como atração do eleitor voltar a abordar o assunto.
"Esse tema já foi muito debatido. A sociedade tomou conhecimento. Nós colocamos, inclusive, para que a sociedade fizesse a escolha sabendo quem era o candidato A ou o candidato B. Mas não adiantava eu ficar aqui batendo na mesma tecla. Esse assunto já é de conhecimento público e de toda a sociedade. O que eu quero é reafirmar os nossos compromissos e as nossas propostas para que o eleitor, no domingo, faça sua avaliação e escolha um novo jeito de governar", esclareceu.
Debate
Após o debate realizado na TV Verdes Mares, no fim da noite de quinta, Eunício Oliveira concedeu entrevista coletiva à imprensa e exaltou que a cobertura feita pelos veículos do Sistema Verdes Mares ajudou a levar ao eleitor espaço para o confronto de propostas entre os dois candidatos ao Governo do Estado.
"Acho que o debate é uma maneira democrática. É a forma que a gente tem, inclusive, de chegar à casa dos telespectadores. Aqui não foi transmitido apenas pela televisão, mas pelo sistema de comunicação como um todo. Então, as pessoas ouviram atentamente ao debate e vão, obviamente, escolher um novo jeito de governar", pontuou o peemedebista.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

Tecnologia do Blogger.

Siga Noticia Atual Por Email

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Popular Posts

Curtam Nossa Pagina no Facebook