contador de visitas para blog
Loading...

domingo, 19 de outubro de 2014


Os candidatos ao governo do Estado,Camilo Santana (PT) e Eunício Oliveira(PMDB), no primeiro bloco do debate, responderam perguntas sobre Educação e Segurança Pública, respectivamente. Em meio às respostas, Camilo, sem se referir diretamente ao adversário, criticou demagogia; já Eunício Oliveira acusou o petista de não falar a verdade sobre escolas de tempo integral.

Camilo Santana (PT) foi o primeiro candidato a responder a pergunta da produção do programa. O tema definido para o candidato foi Educação: “Quais ações eu governo adotaria para melhorar a qualidade da educação dentro da sala de aula?”.

Camilo destacou ter escolhido sua candidata a vice, a ex-secretária da Educação Izolda Cela, com foco na situação da Educação do Ceará. Ele prometeu levar progressivamente para o Interior do Estado a escola de tempo integral. “O Ceará não tinha nenhuma escola profissionalizante, agora temos 107”, frisou Camilo. Camilo prometeu ainda levar para todos os municípios cearenses a escola de tempo integral e transformar as escolas de ensino médio em escolas de tempo integral.

O adversário Eunício Oliveira, ao comentar a resposta, rebateu Camilo dizendo que as escolas de tempo integral “não aconteceram no Ceará”. As escolas de que Camilo fala, segundo Eunício, têm estrutura diferenciada que não são ofertadas para a maioria da população. “O Ceará tem, hoje, cerca de apenas 10% de alunos que estão nas escolas de tempo integral”, disse Eunício. O peemedebista prometeu que, se eleito, levará 200 mil alunos para escolas de tempo integral, “escolas que não são apenas curriculares, mas dão ao jovem a oportunidade de fazer no segundo tempo uma complementação com esporte, lazer”, disse Eunício.

Camilo, em sua tréplica, frisou que conversou com pais de alunos pelo Estado que contaram como mudou a vida da família após a entrada dos filhos em escolas profissionalizantes. “O Ministério da Educação tem o Ceará hoje com a maior rede de escolas”, afirmou. Ele prometeu criar centros de língua estrangeira para os jovens. “Não tratamos essa questão como demagogia porque estamos falando do futuro”, disse.

SAIBA MAIS: Confira o debate entre Eunício Oliveira e Camilo Santana na TV O POVO

Eunício OliveiraA segunda pergunta foi para o candidato Eunício Oliveira. O tema foi segurança pública: “O Ronda do Quarteirão foi a grande vedete do debate eleitoral há duas campanhas, nesse tempo houve mudanças inclusive na filosofia, como seria a estrutura do Ronda em seu governo?”

Eunício prometeu “reabrir o diálogo com a Polícia”. “Há hoje um distanciamento enorme entre a Polícia Civil e a Policia Militar”, afirmou. “O Ronda foi criado como uma terceira policia dentro das policias. Não resolveu a violência”, criticou. “Estamos em um Estado em que a cada duas horas morre um cearense tragado pela violência”,acrescentou. Eunício disse que as polícias não foram qualificadas e não promoção “adequada” na carreira dos policiais.”Reabrir o diálogo é a primeira coisa a fazer”, prometeu.

Em seu comentário à resposta, Camilo destacou que o Ceará vive uma epidemia e disse que é preciso tratar a questão “com responsabilidade”. Ele prometeu aumentar de 45 para 155 o número de equipes do Raio em Fortaleza e na Região Metropolitana, além de criar o programa Abraça Ceará que trabalhará 14 áreas já identificadas. “Vou colocar câmera em 100% das áreas mais críticas de Fortaleza, nessas áreas terá escolas de tempo integral, áreas de esporte e lazer, vou fazer uma grande mudança, mudando a forma de promoção, fazer a revisão salarial de toda categorias”, pometeu.

Em contrapartida, Eunício disse que Camilo “fala muito e não diz a verdade para o telespectador”. Ele criticou que Camilo só use em seu programa os pontos positivos do atual governo e questionou porque as melhorias que ele promete não foram feitas durante os oito anos do governo de Cid Gomes (Pros) que o apóia.

Estrutura do debate

Ambos respondem a perguntas elaboradas pela produção do programa, em apenas um bloco, com os demais destinando-se a um confronto direto entre eles, com candidato perguntando a candidato. As regras foram acertadas na tarde da última quarta-feira, durante reunião de assessores com representantes do Grupo.

Durante cinco blocos, Camilo e Eunício debaterão, em dois deles, temas que dizem respeito à educação, desenvolvimento e emprego, funcionalismo público, recursos hídricos, saúde e segurança pública. Nos outros dois haverá tema livre.

Fonte: O POVO 
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

Tecnologia do Blogger.

Siga Noticia Atual Por Email

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Popular Posts

Curtam Nossa Pagina no Facebook