contador de visitas para blog
Loading...

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

O candidato Camilo Santana (PT) participou, ontem, de uma reunião com o reitor e demais membros da Universidade Estadual do Ceará (Uece) para apresentar propostas voltadas à área do ensino superior.
Os demais candidatos ao Governo do Estado, com a exceção de Eunício Oliveira (PMDB), também dedicaram a terça-feira para atividades voltadas ao ensino superior. O candidato Ailton Lopes (PSOL) debateu com estudantes da Faculdade Leão Sampaio, em Juazeiro do Norte.
O representante do PSOL iniciou a agenda de campanha voltada para as atividades na Região do Cariri. Ontem, ele passou todo o dia em Juazeiro do Norte. No período da manhã, distribuiu panfletos nas ruas do Município. À tarde, participou de uma roda de conversa com trabalhadores.
A candidata Eliane Novais (PSB) distribuiu panfletos e conversou com estudantes universitários em frente à Estácio FIC. Também pela manhã, ainda participou na sessão na Assembleia Legislativa. À tarde, ela visitou o Lar da Criança Domingos Sávio e prestigiou a inauguração do comitê do candidato a deputado federal Almir Sousa. Já Eunício Oliveira dedicou a terça-feira apenas para realizar a gravação de programas destinados ao horário eleitoral gratuito.
Investimento
Durante o encontro de Camilo na Uece, o reitor Jackson Sampaio apresentou a estrutura da instituição e apontou demandas, enquanto o petista prometeu manter a capacidade de investimento já garantida atualmente às universidades estaduais e defendeu a maior aproximação com o Estado. Os candidatos da chapa ao Senado e ao cargo de vice-governador, Mauro Filho e Izolda Cela, também participaram.
Camilo Santana minimizou os desgastes provocados entre o Governo Cid Gomes e professores das universidades estaduais. O petista alegou que as reivindicações que resultaram em paralisação das instituições no ano passado serão cumpridas ainda neste ano, incluindo a renovação ampliação do quadro de professores.
"Já há um compromisso do atual governador em atender essa demanda. O que eu coloco é que a Universidade aumentou a capacidade de investimento e custeio ao longo dos últimos sete anos. O professor da Universidade Estadual, inclusive, ganha mais hoje que o professor da Universidade Federal. Antes, ele ganhava 40% a menos", disse.
O petista se apresentou como a continuidade de um projeto que ampliou a capacidade de investimentos da Uece para R$ 30 milhões. "E é a comunidade universitária que decide onde quer investir", pontuou.
O candidato alegou que o aumento na arrecadação do Governo do Estado permitiu o maior investimento no ensino superior. "A gente sabe que não existe mágica para investir mais nas universidade, na saúde e na educação. O Estado tem que arrecadar mais e ter mais recursos para fazer os investimentos. Isso é um ponto que o Ceará melhorou nos últimos sete anos.
Para Camilo, o investimento nas universidades estaduais não pode ser deixado em segundo plano por serem instituições fundamentais no planejamento das ações de combate a problemas que atingem o Ceará, "na discussão dos problemas e na identificação dos grandes desafios que temos para o Estado na área da segurança, na área dos recursos hídricos, na área da energia. Portanto, é preciso aproximar mais a Universidade das ações do Governo para que se possa implantar as políticas públicas para melhor a vida dos cearenses", disse.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

Tecnologia do Blogger.

Siga Noticia Atual Por Email

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Popular Posts

Curtam Nossa Pagina no Facebook