contador de visitas para blog
Loading...

domingo, 16 de março de 2014


Alex Lewis, de 34 anos, pai de filho único, achou que estava com um resfriado comum e perdeu três membros e metade de seu rosto por ter comido uma carne infectada com bactérias.
Lewis, que tem um menino de três anos chamado Sam, passou uma semana em coma enquanto as bactérias mortais causaram estragos em seu corpo
Ele inicialmente pensou que estava com resfriado comum, mas ao ser levado para o hospital, foi diagnosticado com uma infecção no sangue que se desenvolveu em septicemia e síndrome do choque tóxico. Os médicos disseram que ele só tinha uma chance de 3% de sobrevivência
Foi identificada uma bactéria denominada streptococcus, uma bactéria normalmente inofensiva e o corpo acaba filtrando. Entretanto, no caso do Sr. Lewis, ela desenvolveu e se transformou nessa doença devastadora
Falando de sua cama de hospital, o Sr. Lewis lembrou que ele foi para a cama mais cedo uma noite com mal-estar e acordou às 2 da manhã, percebendo sangue em sua urina. Sua pele ficou arroxeada, ele tinha os olhos dilatados. Ainda com a pequena chance de sobrevivência, ele superou e espera um dia voltar a andar com as pernas protéticas.


Sr. Lewis, de Stockbridge, Hampshire, Inglaterra disse: "De uma forma estranha, essa é a coisa mais incrível que eu já vivi. Eu acho que nada mais de bom virá dela. Acho que tem de aprender a lidar com uma situação dessas, porque você não tem opção. Se você não fizer isso, as chances de morte só aumentam”.
A companheira de Alex, Lucy Townsend, foi avisada que ela poderia perder seu parceiro em novembro do ano passado. A srta. Townsend, de 40 anos, disse: "Todos os seus órgãos internos foram atingidos e por isso ele ficou em diálise esse tempo. Seus rins foram os primeiros a parar. Em seguida, os pulmões, os rins, o coração e por aí em diante”.
" Horas antes, ele havia estado em casa com Sam e agora aqui ele estava lutando por sua vida. '
O sr. Lewis foi tratado no Royal County Hospital, em Winchester, Hampshire. Disseram-lhe que havia apenas uma opção para salvar sua vida: amputação. Durante dezembro e janeiro, Alex passou por uma série de grandes operações, onde os cirurgiões cortaram seus três membros e até mesmo pegaram parte do músculo das costas para reconstruir o braço direito morto.
Lewis disse que a reação do seu filho de três anos de idade quando ele perdeu seus lábios era pior do que a dor excruciante da enorme cicatriz nas costas. Os médicos esperam que ele possa um dia recuperar a sensibilidade de sua mão direita, após esse reaproveitamento de tecido. Em seguida, ele será transferido para uma unidade especializada para ser equipado com próteses e passar por reabilitação.


Lewis explica a reação do filho ao vê-lo sem os lábios: "Ele pensou minha boca estava negra porque estava sujo de chocolate. Quando eu perdi meus lábios, ele se recusou a ficar perto de mim.
O apreciador de golfe está se concentrando no futuro, incluindo competir em campeonatos para deficientes e passear com seu labrador Holly novamente.
Lewis disse: "É um grande mudança no jogo. Minha vida nunca mais será a mesma novamente, a nossa vida em família nunca mais será a mesma novamente, mas eu me sinto com sorte. Tenho a sorte de estar vivo hoje”.
"Eu acho que você percebe como a vida é preciosa. Parece bobo, mas é tão verdadeiro”, afirma Alex. Infecções graves como essas são raras, com apenas uma em cada 33.000 pessoas por ano na Inglaterra. Elas geralmente são tratadas com injeções de antibióticos entre 7 e 10 dias. Em alguns casos, a cirurgia pode ser necessária para remover ou reparar o tecido danificado. Uma em quatro pessoas que contrai esse tipo de infecção morre ainda com a bactéria no seu corpo.

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

Tecnologia do Blogger.

Siga Noticia Atual Por Email

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Popular Posts

Curtam Nossa Pagina no Facebook