contador de visitas para blog
Loading...

domingo, 2 de março de 2014

Peshawar Pelo menos 12 pessoas morreram e 11 ficaram feridas no ataque a uma equipe de vacinação contra poliomielite no noroeste do Paquistão, segundo informaram autoridades do país. Três bombas explodiram quando um grupo de vacinadores protegidos por paramilitares passava pela zona tribal de Jiber, reduto talibã situado perto da fronteira com o Afeganistão, explicaram as autoridades.
Onze paramilitares e uma criança morreram, afirmou Jahangir Khan, uma autoridade local. A autoria do ataque ainda não foi reivindicada. Khan disse ainda que dois carros da equipe médica ficaram prejudicados nas explosões.
Desde a suspensão das negociações de paz entre os talibãs paquistaneses e o governo de Islamabad, há quase duas semanas, o exército paquistanês multiplicou as operações aéreas contra os redutos rebeldes, matando pelo menos 100 supostos talibãs, segundo fontes militares. Ainda que a poliomielite esteja em retrocesso no mundo, continua sendo endêmica em três países: Paquistão, Afeganistão e Nigéria.
Resistência
As campanhas de vacinação contra a poliomielite no Paquistão continuam apesar da resistências de determinados grupos segundo os quais as campanhas serviriam de cobertura para ações de espionagem. Também há quem defenda que a vacina causa infertilidade.
De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), foram registrados, em 2013, 91 casos de poliomielite no Paquistão, contra 58 em 2012. Conforme a OMS tem alertado, Peshawar é hoje "o maior reservatório" da doença no mundo.

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

Tecnologia do Blogger.

Siga Noticia Atual Por Email

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Popular Posts

Curtam Nossa Pagina no Facebook