contador de visitas para blog
Loading...

segunda-feira, 31 de março de 2014

Na última quarta feira (26), após fazer um gol que levaria seu time à histórica classificação para as semifinais do Campeonato Paulista, o meio campista Washington do Penapolense ajoelhou-se diante das câmeras e gritou “eu sou Universal”, slogan de uma campanha da Igreja Universal do Reino de Deus.
A manifestação do jogador aconteceu durante o jogo do Penapolense contra São Paulo, quando ao término do tempo normal a partida ficou empatada e a disputa da vaga na semifinal se deu nos pênaltis. A cobrança feita por Washington deu ao seu time a chance de ter a vantagem no placar, já que seu goleiro havia defendido a batida anterior da equipe adversária.
Depois de chutar com força no canto direito do goleiro são paulino e dar ao seu time a vantagem que o levaria à semifinal, o jogador se ajoelhou diante das câmeras da Rede Globo, que fazia a transmissão da partida, e o slogan que faz parte da campanha da Universal com seus fiéis: “eu sou Universal”.
Em entrevista ao site universal.org, Washington falou sobre sua motivação para dizer a frase diante das câmeras.
- Eu gritei para mostrar a todos que não tenho vergonha de ser da Universal. Sou membro da Universal desde 2010 e sei o quanto a instituição e o bispo Edir Macedo são perseguidos pela mídia. Há muito preconceito e desconhecimento em relação à Igreja – afirmou o jogador, que disse ainda que ideia de fazer isso em frente às câmeras surgiu depois que ele participou de uma reunião na Universal de Penápolis, no interior paulista, onde mora.
Aos 25 anos de idade, o jogador conta que começou a frequentar a Igreja Universal em um momento delicado de sua carreira, quando estava sem clube e quase chegou a desistir da carreira esportiva.
- Eu estava vivendo um período muito difícil na minha carreira. Tinha saído do Figueirense (clube de futebol de Santa Catarina) e estava sem jogar – revelou o meio campista, que entrou para a Universal após aceitar um convite da sua mãe participar de uma reunião.
Ele comentou também sobre a dificuldade de enfrentar o São Paulo, tido como grande favorito da partida. Segundo ele, a partida foi “uma luta de Davi contra Golias”.
- Se você perguntasse, 99% das pessoas diriam que nós não tínhamos chance alguma. Era uma luta de Davi contra Golias. Mas, graças a Deus, nós vencemos – comemorou o jogador.

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

Tecnologia do Blogger.

Siga Noticia Atual Por Email

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Popular Posts

Curtam Nossa Pagina no Facebook