contador de visitas para blog
Loading...

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Com o roubo de ontem, subiu para dez os ataques a agências bancárias no Ceará, durante este ano
Quatro homens, vestindo ternos e gravatas, assaltaram, na manhã de ontem, a agência do Banco Santander, no distrito de Pajuçara, em Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza. Segundo a Polícia, por volta de 7 horas, os bandidos renderam o gerente e outro funcionário e exigiram o dinheiro.
O bando obrigou o funcionário a levar malotes com dinheiro até o carro. O valor roubado, no entanto, não foi revelado. Os marginais estavam armados com pistolas.
Os bancários foram intimidados, pois os assaltantes disseram que tinham instalados bombas em toda agência e que esses artefatos poderiam ser acionados por controle remoto.
Os acusados fugiram em um Gol de cor verde. Eles seguiram pela CE-060, em direção ao município de Pacatuba, mas a Polícia não descarta a possibilidade de eles terem seguido rumo a Maranguape, pela Estrada da Tangueira.
Por volta de 8 horas, os outros funcionários chegaram à agência bancária, viram a situação dos colegas e acionaram a Polícia.
Bombas
Devido à possibilidade de existência de bombas, policiais militares, lotados no Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) foram ao banco e realizaram uma varredura minuciosa no imóvel. O capitão PM Antônio Cavalcante, comandante do Gate, informou que nenhum artefato foi encontrado. A varredura no interior da agência bancária terminou por volta de 11 horas.
Ao tomarem conhecimento do assalto, diretores do Sindicato do Bancários foram à agência do Santander, conversar com os funcionários, que ainda estavam abalados.
A agência do Santander em Pajuçara, de acordo com a direção do Sindicato dos Bancários, tem porta giratória, munida com detectores de metais. Isso pode ter feito os bandidos mudarem a estratégia para roubar o dinheiro.
Ataques
Com o assalto de ontem, subiu para dez os ataques a bancos no Ceará, em 2014. O primeiro foi na registrado na madrugada do dia 19 de janeiro, quando uma quadrilha explodiu o posto do Bradesco, em Tejuçuoca (distante 160Km de Fortaleza). Uma jovem foi feita refém dos marginais, entretanto saiu ilesa.
O último ataque ocorreu no dia 26 deste mês, quando foi explodido um caixa eletrônico da agência do Banco do Brasil (BB), em Alto Santo (distante 241Km da Capital).
Fernando Barbosa
Repórter

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

Tecnologia do Blogger.

Siga Noticia Atual Por Email

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Popular Posts

Curtam Nossa Pagina no Facebook