contador de visitas para blog
Loading...

domingo, 12 de outubro de 2014


O Serviço de Inteligência do 2º BPM prendeu no final da manhã deste sábado o jovem Daniel Henrique Souza, de 31 anos, residente na Avenida Floro Bartolomeu no bairro São Miguel em Juazeiro. Segundo a polícia, ele é acusado de ter atirado no médico oftalmologista George Vasques Landim, durante assalto, por volta das 13 horas do último dia 16 de setembro quando foram levados cerca de R$ 4 mil do profissional de saúde. Daniel foi preso na Rua São Salvador, 500 (São Miguel) a partir de denúncias anônimas.

O crime aconteceu no cruzamento das Avenidas Castelo Branco e Padre Cícero (Triângulo) quando o médico parou no semáforo e foi abordado por dois homens, sendo que outro garantiu apoio à fuga. Daniel teria sido o autor do disparo que destruiu o vidro da janela do veículo Corolla e de cujo interior retiraram uma maleta com o dinheiro enquanto a vítima saiu ferida com os estilhaços da vidraça. Após atendimento ambulatorial, este foi à Delegacia acompanhado do seu pai, também médico e político, Vasques Landim.

De acordo com a polícia, Daniel já responde inquéritos por uso de drogas, roubo, crime contra a paz pública e contra a administração. No último dia 18 de setembro, a polícia já tinha prendido três envolvidos no caso acusados da formação de quadrilha e assaltos com origem nas “saidinhas bancárias”. Ricardo Antonio Rodrigues Brito, de 32, Neviton Dezairon da Silva de 24, e Luiz Herbert Macedo, de 34 anos, foram vistos a partir das imagens do monitoramento das ruas, cedidas pela Secretaria de Segurança de Juazeiro.

Além disso, imagens do próprio banco de onde saiu o médico George Vasques. O primeiro mora na Rua do Rosário, 551 (Salesianos) e estava com a moto Honda de cor preta e placa OCS-0156, inscrição de Juazeiro, que tinha sido alugada, enquanto Neviton reside na Rua das Dores, 272 no mesmo bairro e é o dono do veículo, e Herbert mora Rua Manoel Vitorino, 228 igualmente no bairro Salesianos.

Este foi o último a ser preso, pois chegou um pouco mais tarde em casa onde policiais militares estavam de campana. A quadrilha inclui ainda um mototaxista e foi por este que o grupo começou a ser identificado. Um deles monitora o movimento no interior do banco e avisa para os seus comparsas do lado de fora que passam a perseguir o cliente após o saque de dinheiro. Estes respondem pela abordagem e a garantia da fuga.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

Tecnologia do Blogger.

Siga Noticia Atual Por Email

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Popular Posts

Curtam Nossa Pagina no Facebook