contador de visitas para blog
Loading...

segunda-feira, 27 de outubro de 2014


De acordo com informações vindas à Redação do Site Miséria, um eleitor foi levado por soldados da Força Nacional antes que fosse linchado por populares na Rua Rui Barbosa com 1º de Maio no bairro Casas Populares.

De acordo com informações do internauta Cristiano de Souza, o homem tinha efetuado um roubo em um bar onde mora próximo, colocando uma escada e destelhando o estabelecimento. Ao levar o que estava roubando para sua casa, populares o acompanharam para reaver os objetos.

Foi quando tentaram arrombar a casa dele para pegar os objetos e ao chegar a Força Nacional que conteve a multidão enfurecida, ele devolveu o que tinha furtado. A Lei Eleitoral não permite que eleitores sejam presos entre os cinco dias que antecedem a votação e 48h seguintes ao final do pleito.

As exceções são para os casos de prisão em flagrante, desobediência a regras de salvo-conduto e condenação em crime inafiançável, como racismo ou tortura. A proibição da prisão de eleitores e candidatos está prevista no artigo 236 do Código Eleitoral (Lei nº 4.737/1965).

Sendo assim, ao tomarem conhecimento do roubo, populares tentaram espancar o homem que não teve sua identidade revelada, mas homens do Exército agiram rápido impedindo as agressões. Ele não foi detido, mas apenas teve sua vida resguardada.

Com informações do internauta Cristiano de Souza


Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

Tecnologia do Blogger.

Siga Noticia Atual Por Email

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Popular Posts

Curtam Nossa Pagina no Facebook