contador de visitas para blog
Loading...

segunda-feira, 24 de março de 2014

O pastor Marco Feliciano, deputado federal pelo Partido Social Cristão de São Paulo, voltou a ser alvo de perseguição política. Na última sexta-feira (21) Gilmar Mendes, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou a abertura de inquérito para apurar se o parlamentar cometeu o crime de preconceito religioso.
Em vídeo publicado no YouTube o pastor Marco Feliciano está ministrando e fala: “Eu profetizo a falência do reino das trevas! Profetizo o sepultamento dos pais de santo! Profetizo o fechamento de terreiros de macumba! Profetizo a glória do senhor na terra!”.
O pedido de abertura de inquérito foi feito pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que afirma que houve o cometimento do crime previsto no artigo 20 da lei do racismo, que criminaliza “praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional”. A punição prevista é de um a três anos de prisão e multa.
O ministro determinou que a Polícia Federal (PF) ouça o depoimento de Feliciano em 30 dias. “Conforme requerido pelo procurador-geral da República, encaminhem-se os autos à Corregedoria da Polícia Federal para a oitiva do parlamentar no prazo de 30 dias”, afirma.
Perseguição politica
Feliciano tornou-se o principal alvo de grupos de ativistas gays e partidos de esquerda. Desde que passou pela Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados o parlamentar vem sofrendo uma série de acusações.

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

Tecnologia do Blogger.

Siga Noticia Atual Por Email

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Popular Posts

Curtam Nossa Pagina no Facebook